Estamos Concientes e determinados de que só a diversidade dos seres vivos, constitui a "essência da vida" e de nossa energia ou força coletiva. Nosso objetivos são mudança! E isso estamos fazendo, com nossos projetos, idéias, e objetivo planetário comum de atuar local e globalmente - desenvolver sem devastar -, reconhecendo a importância da união, solidariedade, verdade, trabalho.
O sonhado desenvolvimento sustentável!
MENU
MAIS LIDOS
EVENTOS
Diretoria do IBF Eco Global
Personalidades
Parque Tecnológico Agroindustrial do Oeste
I Fórum de Planejamento de Cascavel/PR
SOS PLANETA TERRA
Começo da Série "SOS" Planeta Terra / 1989
Postado em 02/02/1989


Todas experiências com a natureza são matrizes dos matizes da "Perfeição".  Assim, eis a razão desta série de artigos ecológicos, batizados de "SOS" Planeta Terra, para despertar valores relacionados com a educação, conscientização e espiritualização da Sociedade. 


 Esclareço que "SOS" significa "SAVE OUR SOUL", que traduz-se por "Salve nossa alma".    É um sinal internacional de SOCORRO, em casos de naufrágios,  por exemplo.   


Por "PLANETA TERRA" precisamos acreditar e repensar que ainda é o "habitat", a morada de todos os Povos e todos os seres animais, vegetais e energias visíveis e invisíveis.


 Dentro do infinito palco dos ecossistemas, ( complexa rede unindo animais, plantas, ar, água, sol e qualquer outra forma de vida existente na Biosfera ), destacamos a espécie "hominal" .                         Os ecossistemas são um verdadeiro emaranhado, encontrando-se em estado invariável  numa balança dinâmica. Isto significa que, alterando-se uma parte, altera-se o "Todo". E, como sabemos, o fator humano é o responsável pela alteração de "todos" ( dês )equilíbrios do Planeta. (Desmatamentos, poluição de rios e oceanos, megalópoles sem planificação, energia nuclear com fins bélicos... )


 Por outro lado, a relação entre "Desenvolvimento" e "Meio Ambiente" é um tema em constante questionamento em todos países, porém – catastróficamente – preocupantes no subdesenvolvido Terceiro Mundo.                Faltam planejamento, projetos e recursos e, sobretudo, responsabilidades.      Assim, gradativamente, O Planeta Terra começa a atingir níveis críticos ( até insuportáveis! ) de poluição danosamente irreparáveis.


 Por isso, sob a bandeira ( e slogan ) de "AMBIENTE COMUM À TODOS" , a natureza deve ser defendida por todos os povos.   Nem o "ar" ou a "água" ( sob a ótica da tutela dos "interesses difusos" coletivos e/ ou individuais ) não são patrimônio de indivíduos, grupos ou sequer Estado.


 Destacamos, que esses artigos ecológicos são integrantes de um projeto denominado "People’s Universities Center" ( ou " International Committee of Environment of Defence" ), em que os meios de comunicação  são de importância vital para a propagação de idéias de defesa, melhoramento e preservação da Natureza.



Os órgãos de imprensa são excelentes sementes para que germinem novos comportamentos.   Assim, em linguagem popular, abordaremos assuntos como " efeito estufa, desertificações, água, solos, ar, extinção da camada de ozônio, energia nuclear, ecossistremas, estinção de espécies de flora e fauna, etc..., etc..., tanto no Brasil como no Exterior.



Nosso ponto de vista ( ...também bem indígena! ) é de que:


"A NATUREZA  NÃO  PERTENCE  AO  HOMEM.    O HOMEM  PERTENCE  À  NATUREZA"



( Publicado: Jornal da Manhã, Criciúma, SC  22 / 02 / 1989   &   Diário da Manhã, Pelotas, RS)


 


Dr. Gilnei Fróes - (Escritor técnico-científico, Ecólogo, Médico-veterinário)    Em 1990 – Premio de Jornalismo da Brigada Militar do Estado do RGS (com artigo: "TAIM: paralelo 33° ...ameaçado"  (Diário da Manhã – Pelotas / RS);


Indicação ao "The Rolex Awards 1990 (Genebra); e ao "The Global 500 Awards" (ONU / Kenya) Autor de livros: como "Dossiê da Amazônia".  1° Premio do "I Latino Ambiental Awards". Presidente do "Instituto Bering Fróes Eco Global" .  Autor de projetos ambientais internacionais.


 

ENQUETE
A Amazônia corre risco de extinção?
Sim
Não
Pouco
Nunca acabará
WEB RÁDIOS
ECO GALERIAS
Ponte Molhada - Cascavel
Cascavel - por Sergio Sanderson
ARQUIVO SOS
NASA earth observatory
ÁREA RESTRITA

Informe a senha para acesso

ENTRAR

 
1664787 visitas.

R.Amazonas, 477 A

Cascavel | São Cristóvão

gilnei@ibfecoglobal.org

<a href="http://www.pevermelho.art.br">Pé Vermelho Comunicação</a> PeVermelho.art.br Waldemar Lutinski Rafael Lutinski Luis Carlos de Brito desenvolvido por Pé Vermelho Comunicação