Estamos Concientes e determinados de que só a diversidade dos seres vivos, constitui a "essência da vida" e de nossa energia ou força coletiva. Nosso objetivos são mudança! E isso estamos fazendo, com nossos projetos, idéias, e objetivo planetário comum de atuar local e globalmente - desenvolver sem devastar -, reconhecendo a importância da união, solidariedade, verdade, trabalho.
O sonhado desenvolvimento sustentável!
MENU
MAIS LIDOS
EVENTOS
Diretoria do IBF Eco Global
Personalidades
Parque Tecnológico Agroindustrial do Oeste
I Fórum de Planejamento de Cascavel/PR
SOS PLANETA TERRA
SOS Planeta Terra - América Latina Ambiental
Postado em 05/05/2011
Todo o Mundo olha para a América Latina porque sabe que grande parte do destino do Planeta Terra depende dela. Nela estão as últimas florestas com as espécies raras de flora e fauna. Nela está o cobiçado espaço Amazônico; o Pantanal; o Cerrado; os Pampas do Cone Sul; dos rios imponentes que geram energia e gente que precisa ver a imensa geração de ?lixo da civilização? que, por insolvência ambiental poderá decretar o nascimento da ?civilização do lixo?.

Lixo doméstico, resíduos de saúde e lixo digital! Isto sem falar em sucatas!

Não nascemos leitores, escritores, doutores, juízes ou condenados! Porém, superadas as diferenças que demarcam a personalidade e educação das pessoas, todos nós somos diferentes, independente da biodiversidade de raças. Em cada mente há um oriente, um foco, um espírito, um norte!

Mas, se o planeta Terra é feito (...ou desfeito!) por todos nós, (no dizer do Barão de Itararé), ?precisamos desatar estes nós?! E todos os dias existem uma coleção de nós meio ambientais que, cada vez mais se entrelaçam, numa emaranhada rede de insolúveis conseqüências, cada vez mais funestas ao planeta, seus ecossistemas e todo habitat de seres humanos, animais e vegetais. Falo disso há décadas!

O que tem sido feito de concreto? Tentar jogar concreto no vazamento de petróleo? Achar que este modelo energético é eterno, até que mate e sufoque (com gases cancerígenos ) toda população global? Ou, continuar impedindo que as ONGs façam sua parte, com participação-ativa em projetos ambientais  nacionais, parece uma ameaça aos governos?

Todos os (dês) governos estão perdidos! Estão à deriva no mar da economia, sem reconhecer a mortal rota ambiental planetária. No hay salidas! A complexa fórmula envolve água, lixos, energia, alimentos, superpopulação, empregos, poluição, degradação. Isto sem falar em guerras! E a loucura humana!

Todo dia é dia do meio ambiente! Continua a luta! Uns vão empunhar cartazes, bandeiras. Outros letras, frases, idéias... que nascem todos os dias. Todo dia nasce um novo defensor da natureza. Há uma multiplicidade deles: defensor dos oceanos; protetor da natureza e do planeta; amigos dos rios e das águas, em milhões de ONGs, etc., nesta casa especial e espacial em que se vive.

Será que um simples escritor perdido pode cativá-lo a ver a miséria ambiental que todos estamos mergulhados? Que não deixaremos um mundo melhor para nossos filhos, se não tornarmos nossos filhos (ambientalmente educados) para deixar um mundo melhor para todos?  
Para se tornar um aliado dessa missão você não precisa pagar nada! Apenas deve! Deve alterar o comportamento pessoal e de sua família para gerar uma consciência ecológica! É possível? Tente! Faça sua ?Agenda 21 Pessoal?.  Quem sabe pensar num ?manual de sobrevivência? para quando voltarmos à ?sobrevivência manual?!

O dia em que a América Latina contar com educação, todas as profecias serão contrariadas, pois muitos se salvarão com a persistência dos guerreiros do tempo e da paciência. Por isso, um abraço aos autênticos e persistentes amigos ecologistas que ? instruindo, discutindo, demonstrando - não desistem! ... pois a persistência correta traz recompensas!

A imaginação é a fonte do conhecimento... e vice-versa! Mas, em tese, somos condenados da biosfera comum, prisioneiros do consumismo e da falta de eco-eficiência tecnológica, além da inexistência das verbas que permitem a construção das soluções e toda diferença à defesa, melhoramento e preservação ambientais.

Será que precisamos repensar até nossas moradias? Mais práticas, versáteis e resistentes às mudanças ambientais globais?  A poluição das chaminés (...ou a radiação invisível) seguirá matando os seres do Planeta Terra (animais, vegetais & humanos!) de forma incontrolável? Viver é uma aventura? Ou está uma aventura sobreviver? Sem água e ar puros ou alimentos de que me adianta um requintado canivete suíço?

Dr. Gilnei Fróes - (Escritor técnico-científico, Ecólogo, Médico-veterinário, Gestor Ambiental)    Em 1990 ? Prêmio de Jornalismo da Brigada Militar do Estado do RGS (com artigo: "TAIM: paralelo 33° ...ameaçado"  (Diário da Manhã ? Pelotas / RS);




Indicação
ao "The Rolex Awards 1990 (Genebra); e ao "The Global 500 Awards" (ONU /
Kenya) Autor de livros: como "Dossiê da Amazônia".  1° Premio do "I Latino Ambiental Awards". Presidente do "Instituto Bering Fróes Eco Global" .  Autor de projetos ambientais internacionais.




ENQUETE
A Amazônia corre risco de extinção?
Sim
Não
Pouco
Nunca acabará
WEB RÁDIOS
ECO GALERIAS
Ponte Molhada - Cascavel
Cascavel - por Sergio Sanderson
ARQUIVO SOS
NASA earth observatory
ÁREA RESTRITA

Informe a senha para acesso

ENTRAR

 
1664835 visitas.

R.Amazonas, 477 A

Cascavel | São Cristóvão

gilnei@ibfecoglobal.org

<a href="http://www.pevermelho.art.br">Pé Vermelho Comunicação</a> PeVermelho.art.br Waldemar Lutinski Rafael Lutinski Luis Carlos de Brito desenvolvido por Pé Vermelho Comunicação