Estamos Concientes e determinados de que só a diversidade dos seres vivos, constitui a "essência da vida" e de nossa energia ou força coletiva. Nosso objetivos são mudança! E isso estamos fazendo, com nossos projetos, idéias, e objetivo planetário comum de atuar local e globalmente - desenvolver sem devastar -, reconhecendo a importância da união, solidariedade, verdade, trabalho.
O sonhado desenvolvimento sustentável!
MENU
MAIS LIDOS
EVENTOS
Diretoria do IBF Eco Global
Personalidades
Parque Tecnológico Agroindustrial do Oeste
I Fórum de Planejamento de Cascavel/PR

SOS PLANETA ÁGUA

Dr. Gilnei Fróes



A água é a essência fundamental da manutenção e preservação da vida no Planeta Terra. Modernamente, muitas inovações tecnológicas são geradas para captar, filtrar e mesmo retirar água do meio ambiente. Mas nada substitui os “ciclos naturais” da Mãe-Natureza.

Pesquisas de naves não tripuladas buscam “água” noutros planetas. Já constatamos sua presença em “Marte”, (...que sabemos que houve vida semelhante à nossa!) nos estados clássicos da matéria: sólido, liquido e vapor.

Ademais, a Terra é um habitat único do sistema solar, reunindo as condições climáticas e geológicas em perfeito equilíbrio para a existência da divina maravilha batizada de “vida”. Mas esse equilíbrio está sendo corrompido, exterminado pela estupidez da mão humana.

“Planeta Água” seria o nome mais apropriado ou correto do Planeta Terra. O próprio corpo humano é um legitimo mar de água doce. (...com a energia dos minerais essenciais circulando em nossas veias-rios nutrindo células, órgãos, sistemas)

Porém, com cerca de 2/3 da superfície terrestre coberta de água, destaco que – (menos de 1%) apenas 0.007%, são próprias ao consumo humano e uso em processos industriais-alimentício-hospitalares, além de valiosa criação em cativeiro de animais domésticos e nutrição dos seres das florestas. Ademais, sem saúde ambiental não há saúde humana. Água. Cultivos. Alimentos. Superpopulação. Pandemias. Fome no mundo! Guerras por água!

Destaco que a maior parte de água existente está na forma de “água salgada” (97%) nos oceanos que permeiam os continentes; ou são inacessíveis por se encontrarem em geleiras (1.750%) e outro índice (1,243 %) estão em “fontes subterrâneas” e privilegiados “Aqüíferos”. Exemplos: Aqüífero Guaraní. Aquífero Botucatú.

Porém, o drama da sociedade global está no cenário do derretimento das calotas polares, em razão do “aquecimento global” e instabilidade das “mudanças climáticas”, impostas pelo erro das políticas públicas existenciais humanas.

Assim, rios, lagos, aqüíferos, mananciais e oceanos... devem ser tratados com respeito – além de uma inter-relação de Ciência e Tecnologia - e muita consciência da sociedade. Por isso, a falta de comprometimento ambiental determinará a maior crise ecológica existencial e colapso econômico planetário. As cidades, os Estados e países com ricas reservas disponíveis devem cuidados especiais, além de ter Forças Armadas de alta resposta defensiva.

Podemos passar um dia sem dinheiro, sem alimentos, sem abrigo, mas jamais sem água potável.

O “Festival Mundial das Águas” movimento do qual o “Instituto Bering Fróes Eco Global” é parceiro institucional, objetiva a criação de um espaço – ecumênico, holístico e científico - num momento de reflexão global.

A “ONU” – Organização das Nações Unidas declarou o dia 22 de março (a partir de 1992) como o “Dia Mundial da Água” através da resolução diplomática mundial onde, em valiosos (10) DEZ MANDAMENTOS ( com artigos, princípios) nos direciona a discussão, reflexão e busca de urgentes eco soluções para as questões dos residuos (...seja lixo doméstico, esgotos, lixo hospitalar, lixos perigosos, químicos, radioativos, agrotóxicos, etc), que comprometem o lençol freático.

Na minha tese de “Pós Graduação em Gestão Ambiental” indaguei: “Quanto custa transformar um rio em esgoto? (Nada não é mesmo? Basta contaminá-lo!) Mas quanto custa transformar um esgoto... em rio? (Imagine o custo da alta tecnologia envolvida, sem falar na impossível reconstituição do ecossistema assassinado, todo habitat e seus seres).

O tema não cabe APENAS num DIA DA ÁGUA. Por isso temos o projeto “WATER MILLENIUN”, pois essa defesa, preservação e melhoramento devem ser todos os santos dias de nossas vidas.

O empreendimento “1º FESTIVAL MUNDIAL DAS ÁGUAS”, coordenado por nosso irmão Rafael Cury, ( Diálogo com o Universo) consolida todos os demais parceiros para o maior evento internacional do gênero, juntamente com o “Instituto Galileu Galilei”

O uso racional e sustentável de água têm que ser uma meta – diária – da humanidade. A “Educação Ambiental” é instrumento imprescindível das Políticas públicas. De região para região – paralelos e meridianos – teremos graus de complexidade para a sustentabilidade ambiental local. O extermínio da Amazônia é uma das piores causas de desequilíbrio climático do continente. E, como disse em entrevista na Revista “Consciência Política”, “Estamos numa frágil viagem. Olhe para o céu! Somos seres frágeis. Anos-Luz da high-tech? Ou segundos luz... das cavernas!” Dr. Gilnei Fróes

Assim, vejam a “Declaração Internacional dos Direitos da Água”. Eis os Artigos:

Art. 1º - A água faz parte do patrimônio do planeta. Cada continente, cada povo, cada nação, cada região, cada cidade, cada cidadão é plenamente responsável aos olhos de todos.

Art. 2º - A água é a seiva do nosso planeta. Ela é a condição essencial de vida de todo ser vegetal, animal ou humano. Sem ela não poderíamos conceber como são a atmosfera, o clima, a vegetação, a cultura e a agricultura. O direito à água é um dos direitos fundamentais do ser humano: o direito à vida, tal qual é estipulado no Art. 3º da Declaração dos Direitos do Homem.

Art. 3º - Os recursos naturais de transformação da água em água potável são lentos, frágeis e muito limitados. Assim sendo, a água deve ser manipulada com racionalidade, precaução e parcimônia.

Art. 4º - O equilíbrio e o futuro do nosso planeta dependem da preservação da água e de seus ciclos. Estes devem permanecer intactos e funcionando normalmente para garantir a continuidade da vida sobre a Terra. Este equilíbrio depende, em particular, da preservação dos mares e oceanos, por onde os ciclos começam.

Art. 5º - A água não é somente uma herança dos nossos predecessores; ela é, sobretudo, um empréstimo aos nossos sucessores. Sua proteção constitui uma necessidade vital, assim como uma obrigação moral do homem para com as gerações presentes e futuras.

Art. 6º - A água não é uma doação gratuita da natureza; ela tem um valor econômico: precisa-se saber que ela é, algumas vezes, rara e dispendiosa e que pode muito bem escassear em qualquer região do mundo.

Art. 7º - A água não deve ser desperdiçada, nem poluída, nem envenenada. De maneira geral, sua utilização deve ser feita com consciência e discernimento para que não se chegue a uma situação de esgotamento ou de deterioração da qualidade das reservas atualmente disponíveis.

Art. 8º - A utilização da água implica no respeito à lei. Sua proteção constitui uma obrigação jurídica para todo homem ou grupo social que a utiliza. Esta questão não deve ser ignorada nem pelo homem nem pelo Estado.

Art. 9º - A gestão da água impõe um equilíbrio entre os imperativos de sua proteção e as necessidades de ordem econômica, sanitária e social.

Art. 10º - O planejamento da gestão da água deve levar em conta a solidariedade e o consenso em razão de sua distribuição desigual sobre a Terra.



Gilnei Fróes


Médico-Veterinário
Pós Graduado em Gestão Ambiental

Jornalista Ambiental (Membro da “Associação Paranaense de Imprensa” )
1990 - Premio de Jornalismo da Brigada Militar do Estado do Rio Grande do Sul (Diário da Manhã / Matéria: “TAÍM: Paralelo 33° ... ameaçado”)

1990 - Indicado ao “The Rolex Awards” (Genebra / Suíça)
1990 - Indicado ao “The Global 500 Awards” (“ONU” / Quênia)

2004 - 1° Prêmio “I Latino Ambiental Awards” – Categoria: Ecologia & Mídia (Apresentação de 25 anos de centenas de artigos ecológicos, entrevistas, ações, comprovados em Jornais de circulação nacional)

2012 – Palestrante da ”Abertura da “Rio + 20” - AMORC – CURITIBA, PR. (Tema: SOS PLANETA TERRA - “Urgências? Ou emergências planetárias?

2013 – “Academia Sul Brasileira de Medalhística” - (Ordem do Mérito de Serviços Extraordinários - “GRAU GRANDE OFICIAL” Gestão “Corina Von Lasperg” - Baronesa da Alemanha)

Autor de projetos eco tecnológicos de “Science Parks”.
Projetista e criador de espaços de “Parques Tecnológicos”.
Escritor Técnico Científico do programa “SOS” Planeta Terra.
Autor do raro livro “Dossiê da Amazônia” (*) Breve Edição Digital.
Autor da série: História da Extinção do Pau Brasil.
Autor da série: Como preservar e melhorar o Meio Ambiente.
Autor da série: Água... no Planeta Terra.
Criador e escritor da série: “SOS” Planeta Terra
Articulista da Revista “Consciência Política” (Edição Latina)

Presidente do “Instituto Bering Fróes Eco Global”

Membro e conferencista do Circuito “Diálogo com o Universo”, sob coordenação de Rafael Cury, (NPU / Núcleo de Pesquisas Ufológicas)

(Veja nomes de alguns participantes: Wagner Borges (SP); Clóris Rojo (Espanha); Alejandro De Negri (México); Salvatore di Salvo (Itália); Rafael Cury (PR); Marco Antonio Petit; (RJ); Dr. Francisco Ortiz (Espanha);Prof. Paulo Oliveira (PR); Jan Val Ellan (RN); Dr. Ozeil Moura (Cônsul do Senegal); Giorgio Bongovanni e Pier Caria (Itália); Erich Von Däniken (Eram os Deuses Astronautas); Prof. Wilson Picler (PR); Bernadete Sabbi (PR); Edwin Florez Zevallos (Perú); Jamil Salloum Jr (PR);A. J. Gevaerd (Revista UFO); Andy Thomas (Inglaterra)

Francisco Ortiz (Espanha) – Mestre em comunicação, administração, ciências sociais, biofísicas e metafísicas. Pesquisador científico e tecnológico, inventor e engenheiro. Autor de 15 livros sobre sociologia, economia, ecologia, energia, educação, ciência e tecnologia. É conferencista internacional sobre temas globais e diretor de renomadas fundações e institutos. Especialista em gestão biodinâmica de organizações.

Marco Antonio Petit (RJ) – Diretor da Associação Fluminense de Estudos Ufológicos (AFEU) e co-editor da Revista UFO. É membro da Comissão Brasileira de Ufólogos (CBU). É autor de vários livros, sendo seu último lançamento UFOs: Arquivo Confidencial [Coleção Biblioteca UFO]. Dirigente do “Instituto Galileo Galilei” de Pesquisas Avançadas sobre Vida Extraterrestre (IGG), é considerado uma das maiores autoridades na área ufológica do Brasil.

Rafael Cury (PR) – Presidente da Associação Nacional dos Ufólogos do Brasil (ANUB). Fundador e diretor do Núcleo de Pesquisa Ufológica (NPU), co-editor da Revista UFO e membro da Comissão Brasileira de Ufólogos (CBU). Realizou mais de 1.400 atividades no campo da Ufologia e paraciências, entre eventos, pesquisas, entrevistas e artigos. Foi diretor e apresentador de programação da “CWB TV” em Curitiba. Em 2005, com outros ufólogos, foi recebido pelo Comando da Aeronáutica, Brasília, oportunidade em que teve acesso aos arquivos sigilosos sobre UFOs mantidos pela Força Aérea Brasileira (FAB). Diretor do “Instituto Galileu Galilei”. Conferencista emérito.

Wilson Picler (PR) – Físico, pesquisador e conferencista no campo da psicotrônica. Ex- Deputado Federal. Reconhecido internacionalmente pelos trabalhos desenvolvidos sobre o Efeito Kirlian. Um dos principais divulgadores no Brasil da temática ciência e espiritualidade. Éx deputado federal pelo PDT do Paraná e diretor do grupo educacional UNINTER.

Salvatore De Salvo (Itália) – É formado em engenharia industrial e química. Há mais de 30 anos pesquisa a geobiologia, área que lhe rendeu o título de Cientista Internacional do ano de 2001 em geobiologia, concedido pelo International Biographical Center, Cambridge, Inglaterra, onde concorreu com mais de dois mil candidatos. É reconhecidamente um dos mais importantes pesquisadores da Ufologia Brasileira. Autor de inúmeros livros, entre eles “Sinfonia da Energética” e “A Energia Cósmica e Você. É consultor da Revista UFO. Conferencista internacional.

A. J. Gevaerd (PR) – Presidente do “Centro Brasileiro de Pesquisas de Discos Voadores” (CBPDV). Fundador e editor da “Revista UFO”, a mais antiga revista ufológica em atividade do mundo. É coordenador da Comissão Brasileira de Ufólogos (CBU), que lançou a campanha UFOs: Liberdade de Informação Já, obtendo do Governo Federal substanciais documentos ufológicos. É reconhecido internacionalmente como um dos ufólogos mais atuantes do mundo. Já representou o Brasil em eventos e pesquisas em mais de 50 países.

Bernadete Sabbi (PR) – Administradora de empresas e pesquisadora na área da Ufologia e espiritualidade. Realizou estudos e experimentos práticos no Peru, México, Chile, Guatemala, Belize e Brasil. É terapeuta e facilitadora de encontros de auto-busca e responsável e foi apresentadora do Programa Educativo “Livre Para Ser e Pensar”, da CWB TV em Curitiba, canal 5 da Net e 72 da TVA.

Nelson Granado (SP) – Graduado pela FMUSP, professor de Física e conferencista internacional e autor de vários livros. Dentre tantos títulos, se destacam: “Dimensionalis” , “Omniversalis” e, o lançamento mais recente, “A Herança do Mestre.” É diretor da Phisom, um grupo de estudos voltados à temática científico-espiritualista.

Edwin Florez Zevallos (Peru) – Nascido na cidade sagrada de Cusco. Graduação nos cursos superiores na Universidade Nacional San Antonio Abad, de Cusco, e UCLA de Los Angeles. Estudou também na Universidade de Disciplinas de Buenos Aires. É mestre em ciências, licenciado em psicologia e filosofia da religião. É especialista em cosmogonia andina e rituais incas metafísicos. Possui conhecimento sagrado da Grande Irmandade Inka dos Sete Raios e atua como maestro espiritual da Luz Crística pelas autoridades desta entidade hermética dos Andes. Tem participado de conferências, seminários e cursos científicos, culturais e esotéricos em diversos países, como Suécia, Dinamarca, Alemanha, França, Inglaterra, Estados Unidos, Japão, Egito, Argentina e Brasil. Místico, dedica-se ao tratamento de natureza psíquica com a imposição de mãos, equilíbrio dos chakras energéticos e taoísmo. É um grande conhecedor da medicina tradicional inca (à base de ervas, cristais, e rituais mágicos) e faz atendimentos individuais de leitura de folhas de coca, o Oráculo Inka. É conhecido como kuichy, que na língua “quéchua” quer dizer arco-íris. Acompanha grupos de vivências e meditações no Peru e Bolívia, e na atualidade é um sacerdote máximo inka que administra a Iniciação Inka. Também é guia espiritual de viagens de peregrinação. Seu trabalho foi descrito nos livros “Iniciação Inca”, de Marisa Varela, e “As Montanhas Sagradas dos Inkas” , de Heliette Malta Rossi.

Wagner Borges (SP) – Diretor do Instituto de Pesquisas Projeciológicas e Bioenergéticas (IPPB), projetor extrafísico, autor de inúmeros livros, entre eles Viagem Espiritual I, II e III, Falando de Espiritualidade, Ensinamentos Extrafísicos e Projetivos, Falando de Vida após a Morte, Voltar a Viver e seu mais recente lançamento Flama Espiritual.
Temas abordados: Fenômenos Parapsíquicos e a Presença Extraterrestre.

Paul Stonehill (Rússia)– Bacharel em ciência política, jornalista investigativo, radialista e pesquisador internacional, considerado um dos mais importantes pesquisadores no campo ufológico na Rússia. É autor do livro UFOs na Rússia [LIV-025 da Coleção Biblioteca UFO]. Aborda temas como: Contatos com UFOs no Espaço e Os Objetos Submarinos Não Identificados.

Alejandro De Negri e Clóris Rojo (México) – Antropólogos, escritores e conferencistas internacionais. Reconhecidos estudiosos de temas místicos em vários países do mundo, especialistas em culturas e Calendário Maia, além de palestrantes em diversos países e organizadores de eventos na área.

Andy Thomas (Inglaterra) – É considerado um dos mais conceituados pesquisadores e escritores do Reino Unido, autor de (7) sete livros entre eles: Vital Signs e The Truth Agenda. Obteve ampla notoriedade internacional por suas pesquisas sobre os famosos e enigmáticos círculos ingleses. Conferencista internacional, tem lotado auditórios com suas palestras que ligam teorias conspiratórias a temas como UFOs e Fenômenos Paranormais.
Aborda temáticas como: O Mistério dos Círculos Ingleses.

Vídeo-entrevista de Érich Von Daniken. Circuito de palestra de promoção do “Instituto Galileu Galilei” e NPU em evento “Diálogo com Universo”.

http://globotv.globo.com/rede-globo/programa-do-jo/v/erich-von-daniken-e-autor-do-livro-eram-os-deuses-astronautas/2512730/
ENQUETE
Nao consultou select * from enquete where exibir='Ativa' order by id desc limit 1 Unknown column 'exibir' in 'where clause'