Estamos Concientes e determinados de que só a diversidade dos seres vivos, constitui a "essência da vida" e de nossa energia ou força coletiva. Nosso objetivos são mudança! E isso estamos fazendo, com nossos projetos, idéias, e objetivo planetário comum de atuar local e globalmente - desenvolver sem devastar -, reconhecendo a importância da união, solidariedade, verdade, trabalho.
O sonhado desenvolvimento sustentável!
MENU
MAIS LIDOS
EVENTOS
Diretoria do IBF Eco Global
Personalidades
Parque Tecnológico Agroindustrial do Oeste
I Fórum de Planejamento de Cascavel/PR
SOS PLANETA TERRA
SOS Planeta Terra - Quarta Guerra
Postado em 05/05/2011

Após a destruição quase integral da humanidade devido a Terceira Guerra Mundial, com armas nucleares, tudo volta ao primitivismo. Ainda duvidam?! A paz é mero intervalo entre duas guerras... sempre! E hoje, há mil guerras para enfrentarmos! E as provas estão na guerra do trânsito, (que temos que enfrentar!); a guerra das torcidas de futebol; (inesperada paixão de ódio e amor!) a guerra da violência nos morros do Rio de Janeiro; ( por pontos de vendas de drogas) a guerra da violência urbana, com assaltos, estrupos; (... onde ninguém está imunê!); a guerra precoce das família (...com as drogas lícitas e ilícitas nas escolas e universidades); a guerra entre casais em desarmonia (... fazendo de filhos escudos e lança); a guerra entre países, (...lutas por espaço, ideologias e exploração de recursos naturais); a triste e pior guerra (... a confissão de dasamor ao próprio planeta Terra), pela defesa, melhoramento e preservação ambiental de nossa casa sideral.

Tempos depois, quiçá, (...depois de todas estas guerras intestinas da humanidade!) se poderrá, ainda, ter uma nova e Quarta  Guerra Mundial. Ela será travada por mutantes e cujo sofisticado armamento utilizado será à paus, pedras, facões e mãos, porque as fontes de energia estarão desativadas. E as linhas de produção de destruição em massa, idem! As barragens serão detonadas e a miséria humana será gemea da miséria ambiental. Ficção? Ou realidades por vir?! Cada um que pense com seus botões! Eu até já estou usando velcro, que além de pratico, dispensa agulha, linha e o próprio botão, sem falar no gasto de energia para sua manutenção, que requer mais alimento para sua reposição e, obvio, mais dinheiro para o mercado de troca.


Mas quais serão as causas reais da próxima guerra? (...já que inexistirá economia de mercado global?!) Epidemias?  Falta d?água potável?  Insalubridade global, pela ignorancia? Ou pelo descaso com os detritos e lixos contaminantes? Esqueceremos as guerras por petróleo? E as possíveis invasões por alienígenas, vendidas por Hollywood?


A India e China, (por todas as atrocidades feitas contra o nascimento de femeas) poderá enfrentar dificuldades populacionais. Talvez, acontecerá uma ?Guerra por Mulheres?.  Isto mesmo! A falta de mulheres no ?mercado da vida? (...por causa do dote!) fará com que a ?vida do mercado? em  paralelo seja outra complexa confusão no planeta Terra.  E, esta causa de guerra (que será a busca por mulheres!) ou algo próximo a isto, pois ?alem dos prazeres? da carne, há os ?prazeres do além? prometidos para a próxima vida, por todos os mercadores do templo. Judeos e Muçulmanos, (... infelizmente por linhas fanáticas!) hoje são inimigos costumazes, mas amanhã serão parceiros e amigos.


O nosso simples ?poder de previsão?  não poderá ser constestado, nem contrariado porque  - quando se trata de sobrevivência - a ?previsão do poder?, do impossível, jamais é configurado na esfera da eco-solução humanas.  Quem sabe isto cause estranheza ou alguns fiquem intrigados (...entre o trigo e gado!) pela forma como previsão pode ser usada para desenvolvimento comum do trabalho de prevenção de resolução de  conflitos.


Quem viver verá! Somente com o equânime desenvolvimento econômico, político, social, ecológico e ? sobretudo ? tecnológico, entre todos os países muçulmanos e cristãos, poder-se-á ?desarmar o espírito? das populações oprimidas ( sem emprego, sem moradias, sem salários, sem oportunidades de futuro!), para o ?espírito do desamor? dos povos ter solução.
Considero que a maior ameaça à segurança da paz social da humanidade  provem da exclusão social. Só a exclusão conduz à rebeldia, ao crime, ao terrorismo, as revoluções e às guerras. Creio que o eco-desenvolvimento é solução de harmonia planetária.

Enquanto houver desequilíbrios,... haverão guerras! Por isso, a ?idéias de viagens? ( seja do Papa ou líderes Muçulmanos) são suporte para a ?viagem de idéias?  na busca de maximizar espaço para aceitação da diversidade humana e, desta forma seguir a gestação e nascimento do cidadão planetário.


Eis o que acreditamos para se vencer a ocorrência da Quarta (fatal) Guerra! A eterna discussão de mundo mais justo, humano e fraterno, deve passar à ação (não pelo belicismo das leis nem pela força bélica dos quartéis), onde a lei da força é tão estúpida quanto à força da lei. Sempre defendi a criação de Ministérios da Paz... ou invés dos atuais. No momento, a raça humana, (...sem sonhos e utopias!) vivencia o principio do fim, sem princípios de organização e nem organização de princípios.
Assim, como extinguir a idéia de Terceira & Quarta Guerra? Dando Premio Nobel a chefes de Estados guerreiros?!  O sangue continuará sendo a tinta da escrita da História planetária?

Dr. Gilnei Fróes -  médico-veterinário,
gestor ambiental, ecólogo, amazonólogo e coordenador do Programa
Internacional "SOS" Planeta Terra. Em 1990, indicado ao "The Rolex
Awards" (Suíça) e ao "The Global 500 Awards (Kenia), por entidades de SC
e RS. Premio de Jornalismo da Brigada Militar do Estado do Rio Grande
do Sul, com o artigo "TAIM: Paralelo 33... ameaçado!"   Autor do livro "Dossiê da Amazônia".  Presidente do "Instituto Bering Fróes Eco Global".

ENQUETE
A Amazônia corre risco de extinção?
Sim
Não
Pouco
Nunca acabará
WEB RÁDIOS
ECO GALERIAS
Ponte Molhada - Cascavel
Cascavel - por Sergio Sanderson
ARQUIVO SOS
NASA earth observatory
ÁREA RESTRITA

Informe a senha para acesso

ENTRAR

 
1570231 visitas.

R.Amazonas, 477 A

Cascavel | São Cristóvão

gilnei@ibfecoglobal.org

+55 45 3227 7750

<a href="http://www.pevermelho.art.br">Pé Vermelho Comunicação</a> PeVermelho.art.br Waldemar Lutinski Rafael Lutinski Luis Carlos de Brito desenvolvido por Pé Vermelho Comunicação