Estamos Concientes e determinados de que só a diversidade dos seres vivos, constitui a "essência da vida" e de nossa energia ou força coletiva. Nosso objetivos são mudança! E isso estamos fazendo, com nossos projetos, idéias, e objetivo planetário comum de atuar local e globalmente - desenvolver sem devastar -, reconhecendo a importância da união, solidariedade, verdade, trabalho.
O sonhado desenvolvimento sustentável!
MENU
MAIS LIDOS
EVENTOS
Diretoria do IBF Eco Global
Personalidades
Parque Tecnológico Agroindustrial do Oeste
I Fórum de Planejamento de Cascavel/PR
SOS PLANETA TERRA
Antikithera: Computador cósmico ecológico
Postado em 10/11/2011

 

Em 1901, pela "Lei do Acaso", um misterioso instrumento foi descoberto por mergulhadores  (...caçadores de esponjas) em meio a destroços de um navio romano situado perto da Ilha de Antikythera ( Grécia). Estava com valiosa carga de estátuas e, esse dispositivo resgatado que (... meio esquecido!) foi batizado de "Mecanismo Antikythera".

As atenções científicas para tal equipamento submerso a mais de dois mil anos,  exigiu a formação de um consórcio multidisciplinar de instituições das Universidades de Atenas, Tessalônica e Cardiff, (X-Tech) da Inglaterra; do Museu Nacional Arqueológico de Atenas e da empresa de informática Hewlett-Packard / USA). O projeto envolveu o Governo da Grécia.

Raios X, Raios Gama, Tomografia Tridimensional efetivaram o mapeamento e a reconstrução das engrenagens, com graus de perfeição jamais vistos e ainda, intrigantes aos pesquisadores.  Os protótipos  (...réplica) construídos funcionam! Há ótimos filmes desta perfeição de eco tech.

Outros especialistas, (...filólogos, engenheiros, matemáticos, astrônomos, etc.), participam do "Antikythera Mechanism Research Project", além da NASA, que o aponta como estranho computador astronômico mais perfeito surgido no Planeta Terra. Seus construtores, sua origem ainda é um enigma, um mistério. Muitas foram as hipóteses: Astrolábio, calendário, calculadora. Planetário. E, por fim, é aceita a idéia de ser um computador!

De dimensões proporcionais à uma caixa de sapatos, o dispositivo tem avanços tecnológicos , engrenagens, funcionamento perfeito, que inexistiam até 1877.  Idêntico mecanismo foi construído e incorporado à ogiva de satélites e ônibus espacial. Acaso? Inovações? Segredos?

Já foram decifradas 2 mil inscrições, mas estão sob estado de confidencialidade. Tudo indica,  haver a mão de uma civilização extraterrestre no invulgar projeto, em exposição no "Museu Nacional Arqueológico de Atenas". Antikythera, ainda, tem uma redoma de enigmas e mistérios!

O mecanismo contém 32 engrenagens (rodas e discos, eixos)  sendo recoberto de inscrições astronômicas. É de operação manual e sua reconstrução foi um importante quebra cabeça tecnológica, resultado da união de 82 fragmentos, recuperados pela arqueologia sub-aquática

O dispositivo faz cálculos corretos da posição de planetas e certas estrelas, pelo menos do Sol e da Lua, sendo capaz de prever fenômenos astronômicos (eclipses) com precisão. A primeira avaliação do propósito de Antikythera foi promovida nos anos 1960 pelo historiador de ciências britânico Derek Sola Price.  Em 2011, no evento "19° Diálogo com o Universo" defendi a tese "Antikithera: Computador cósmico ecológico", por representar o perfeito sincronismo do macrocosmo.

O desafio da humanidade é consignar este instrumento num contexto científico. A possibilidade é (...quase 100%) de ser autoria, conhecimento e domínio extraterrestre. Inexistiam tecnologias nem metalurgia de engrenagens para construir tal equipamento.  O projeto tem investimentos privado sendo considerado mais valioso do que a "Mona Lisa". Essa inovação de "high-tech" datado 150-100 anos antes da Era de Cristo tem avanços além da nossa civilização e de nosso imaginário.                                                                                                                                                       

Dr. Gilnei Fróes ? Presidente do "Instituto Bering Fróes Eco Global" - www.ibfecoglobal.org     

ENQUETE
A Amazônia corre risco de extinção?
Sim
Não
Pouco
Nunca acabará
WEB RÁDIOS
ECO GALERIAS
Ponte Molhada - Cascavel
Cascavel - por Sergio Sanderson
ARQUIVO SOS
NASA earth observatory
ÁREA RESTRITA

Informe a senha para acesso

ENTRAR

 
1570405 visitas.

R.Amazonas, 477 A

Cascavel | São Cristóvão

gilnei@ibfecoglobal.org

+55 45 3227 7750

<a href="http://www.pevermelho.art.br">Pé Vermelho Comunicação</a> PeVermelho.art.br Waldemar Lutinski Rafael Lutinski Luis Carlos de Brito desenvolvido por Pé Vermelho Comunicação