Estamos Concientes e determinados de que só a diversidade dos seres vivos, constitui a "essência da vida" e de nossa energia ou força coletiva. Nosso objetivos são mudança! E isso estamos fazendo, com nossos projetos, idéias, e objetivo planetário comum de atuar local e globalmente - desenvolver sem devastar -, reconhecendo a importância da união, solidariedade, verdade, trabalho.
O sonhado desenvolvimento sustentável!
MENU
MAIS LIDOS
EVENTOS
Diretoria do IBF Eco Global
Personalidades
Parque Tecnológico Agroindustrial do Oeste
I Fórum de Planejamento de Cascavel/PR
SOS PLANETA TERRA
Você está aqui
SOS Planeta Terra -> Série Água
Série Água 4
Postado em 07/02/2006

·          Em 1980, por 4 anos sucessivos, 90% do continente africano sofreu "secas" e milhões de pessoas morreram;


·          Há 2000 anos a população do Planeta era cerca de 250 milhões de habitantes;


·          Em 2020, projeta-se mais de  400 milhões de pessoas – só na costa Norte da África e no Oriente Médio;


·          O nível do Mar Morto – no século passado – registrou uma diminuição de mais de 10 metros. Sem nuvens, sem florestas, sem chuvas, o sol segue sua implacável jornada, até transformar tudo num "Deserto de Sal"


·          Em 1981 , Israel e Jordânia – pacificamente em Acordo – acertavam detalhes de como tirar água do bíblico e histórico Rio Jordão;


·          O Mar da Galiléia – onde Jesus milagrosamente pescava – secando mais, corre o risco de transformar-se  em "salinas da Galiléia" também.


·          No Egito, em Gaza, o excesso de bombeamento de poços artesianos, reduz a pressão hidrológica e ficam com águas salgadas vindas pelo lençol freático e os poços não tem mais água potável;


·          Locais como Israel, Jordânia, Egito, Chipre, Malta e Península Arábica demonstram que todas reservas d’ água da superfície (rios, lagoas) estão quase extintas;


·          Que na África – Tunísia, Marrocos, Argélia e Egito – há 10 anos em estado crítico, estão à beira da calamidade;


·          Ademais, o "Deserto de Saara" está expandindo seus domínios, invadindo povoados, vilarejos, e acabando até com os "oasis" salvadores do povo nômade; 


·          O rio Nilo – berço da civilização Egípcia – está sendo super utilizado. A cada 9 meses a população aumenta 1 milhão de egípcios, ameaçando o suprimento de água atual  e futuro consumo;


·          O lago de Chade – em épocas de seca – têm partes que pode ser cruzado à pé, se você driblar os crocodilos e hipopótamos;


·          Na China, 1,2 bilhões de pessoas ficam à mercê da água. O lençol freático  está diminuindo uma taxa de 1 metro por ano.


·          Na Índia, em Blangladesh, mesmo com inundações e enxurradas anuais, a taxa de lençol freático também diminui;


·          Na Europa, em rios da Rússia, Polônia e Eslováquia, os rios estão poluídos – amarelos – pela poluição industrial dominante;


·          Nos Estados Unidos e Canadá, - nas praias dos Grandes Lagos – é comum se ler placas com avisos: "Imprópria para Banho".


 


Até quando continuará o descaso nacional com ecólogos, cientistas, pesquisadores e inteligências perdidas?  Teremos uma linha de montagem - institucional - de uma  fabrica de  desertos?    Na Amazônia?    Cerrado?   Pantanal? Ou Dom Pedrito, no Rio Grande do Sul?     Podemos começar uma criação de "camelos"?  Seremos pioneiros?


 


Dr. Gilnei Fróes (Escritor técnico-científico, Ecólogo, Médico-veterinário, projetista ambiental)    Em 1990 – Premio de Jornalismo da Brigada Militar do Estado do RGS (com artigo: "TAIM: paralelo 33° ...ameaçado"  (Diário da Manhã – Pelotas / RS).  Indicação ao "The Rolex Awards 1990 (Genebra); e ao "The Global 500 Awards" (ONU / Kenya) Autor de livros: como "Dossiê da Amazônia".  1° Premio do "I Latino Ambiental Awards". Presidente do "Instituto Bering Fróes Eco Global" . 

ENQUETE
A Amazônia corre risco de extinção?
Sim
Não
Pouco
Nunca acabará
WEB RÁDIOS
ECO GALERIAS
Ponte Molhada - Cascavel
Cascavel - por Sergio Sanderson
ARQUIVO SOS
ÁREA RESTRITA

Informe a senha para acesso

ENTRAR

 
1240611 visitas.

R.Amazonas, 477 A

Cascavel | São Cristóvão

gilnei@ibfecoglobal.org

+55 45 3227 7750

<a href="http://www.pevermelho.art.br">Pé Vermelho Comunicação</a> PeVermelho.art.br Waldemar Lutinski Rafael Lutinski Luis Carlos de Brito desenvolvido por Pé Vermelho Comunicação